Das (minhas) paixões

Minhas paixões são tantas quantos são os meus dias sobre esta Terra...
e tantas quantas são as coisas que meus olhos vêm e as pessoas com quem meu coração se encontra...Brotam das histórias contadas por minha avó e dos galhos das flores na janela e dos pequenos córregos que inundam as Chapadas...
Vêm também com o pedaço de chocolate roubado do meu pai e escondido na mão até derreter e do contato íntimo dos meus pés descalços com o chão...Vêm com as ondas assanhadas do mar, porque mar é้ sempre sinónimo de paixão, como também o são o sol e a lua, o vinho, o violão e o inverno...São todas aquelas coisas que aquecem meu coração de saudade, como um pôr-do-sol e que me fazem lamber os dedos, como brigadeiro de panela...Minhas paixões são meus amores e meus amigos, todos a quem eu dou minha alma pra beber, e os que bebem também minhas lágrimas, meus risos e meus outros líquidos...

Um comentário:

Rosinha disse...

"Minhas paixões são meus amores e meus amigos, todos a quem eu dou minha alma pra beber, e os que bebem também minhas lágrimas, meus risos e meus outros líquidos..."

Então tu entende a importância de ser quem é minha linda Maria?